quinta-feira, 22 de junho de 2017

Teia de aranha

Alunos do 1º ano 2 trabalham o nome completo através da teia de aranha

Confeccionando relógio

Alunos do 3º ano 1, juntamente com a professora Silvane confeccionam relógio


Reta Numérica

Alunos do 1º ano 2 juntamente com a professora Silvane trabalham a reta numérica


terça-feira, 20 de junho de 2017

Trabalhando com o alfabeto móvel

Alunos do 1º ano 2, juntamente com a professora Silvane trabalham com o alfabeto móvel


Brinquedos e maquetes

Alunos do 1º Ano 2, confeccionam brinquedos e maquetes com formas geométricas

Maquete desenvolvida nas aulas de Artes em 3 D


Alunos do 5º Ano 1 confeccionam Mosaico nas aulas de artes


Palestra Prevenção as drogas e violência

Por meio da parceria entre Unimed Planalto Norte e o Programa Educacional de Resistência às Drogas – Proerd – da Polícia Militar, Pais e Alunos dos 3º, 4º e 5º anos participaram da palestra na Escola Professor Pedro Henrique Berkenbrock. O diálogo com os alunos do ensino fundamental faz parte também do Programa Esporte Comunitário Unimed, que visa auxiliar no desenvolvimento das crianças, fortalecendo os princípios do respeito, responsabilidade e disciplina.

Com a presença também dos pais, o 3º Sargento e responsável pelo Proerd, José Oldair Pilati, repassou aos estudantes a importância da convivência familiar e questões como responsabilidade, aceitação em grupos, os caminhos percorridos, rebeldia, curiosidade entre outros pontos comportamentais.
 Além disso, foi possível conhecer sobre as drogas lícitas, ilícitas, o processo de dependência física, psicológica, abstinência, antitabagismo, os resultados e o procedimento de recuperação. O objetivo foi repassar aos adolescentes o poder de escolha e a decisão firme que é necessária tomar diante das dificuldades e situações que envolvam pressão. “Diante dessa dura realidade, tomem cuidado com coisas do tipo: só porque meu amigo faz eu tenho que fazer, ou serei aceito no grupo somente se me adaptar a tal situação. Pais, conversem ao máximo com seus filhos e fiquem atentos as mudanças de comportamento também. A mudança é possível e depende de cada um de nós”, conclui Sargento José Oldair Pilati. 


quinta-feira, 8 de junho de 2017

Aprendendo a tabuada através de jogos

Alunos do 5º ano 3, juntamente com a Professora Patricia,  constroem jogos para aprender a tabuada.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Auto retrato

Alunos do 1º Ano 2, juntamente com a professora Elsa desenvolvem atividade de Auto Retrato utilizando a massinha de modelar.


Atividade de salto

Turma do Pré II  vespertino entusiasmados na aula de Educação Física com a Professora Gerli.


Projeto regiões do Brasil

Alunos do 5º Ano 2 juntamente com a professora Elsa, desenvolvem projeto sobre as regiões do Brasil

Dia do Desafio

No dia 31 de maio, milhares de pessoas ao redor do mundo vão reservar no mínimo 15 minutos do seu dia para a prática de um esporte ou atividade física no Dia do Desafio 2017, fazendo valer o lema “Você se mexe e o mundo mexe junto”. Essa será a 23ª edição do evento realizado anualmente na última quarta-feira do mês de maio, com o objetivo de incentivar uma vida ativa e a adoção de hábitos saudáveis, para pessoas de todas as idades. Criado no Canadá, o Dia do Desafio tem a proposta de despertar o interesse das pessoas por uma rotina mais ativa, através de uma competição amigável entre cidades participantes, definida por sorteio.

Em Santa Catarina, 215 cidades vão aderir ao movimento sob o comando de unidades do Sesc, prefeituras municipais e diversas parcerias locais (lista abaixo). Na próxima segunda-feira, 8 de maio acontece em São Paulo o sorteio que definirá os confrontos entre as cidades inscritas nesta edição do Dia do Desafio. Acompanhe o resultado do sorteio 2017 pelo sitehttp://ww2.sescsp.org.br/diadodesafio/sobre/calendario
Nós também participamos

terça-feira, 30 de maio de 2017

Usando as tecnologias em sala de aula

No 1º Bimestre de 2017 os professores da EMEB Pedro Henrique Berkembrock utilizaram os recursos Tecnológicos em 306 aulas ministradas para os alunos do Nível III ao 5º Ano, conforme mostra o gráfico abaixo:

Em nossa escola contamos com uma sala informatizada, tablet educacional, uma lousa digital. As oficinas Aluno monitor e rádio escolar no contra turno.
Não há como negar: a tecnologia faz parte do dia a dia de crianças, adolescentes

              Docentes que resistem à inclusão da tecnologia em sua prática pedagógica acabam por tornarem-se obsoletos. Por outro lado, professores capazes de tirar proveito dos benefícios que a tecnologia pode trazer aos processos de ensino e aprendizagem são capazes de atuar de maneira mais atraente e inovadora junto aos seus alunos.
           Muitas atividades foram desenvolvidas, como pesquisas, jogos educativos, atividade avaliativa, interpretação, entre outras.
            Dentre as atividades trabalhadas o jogo Minecraft foi usado para construir a pirâmide do Egito e o museu pelos 4º e 5º Anos nas aulas de arte com a professora Rosa Jane.


História em quadrinho com imagens, desenvolvida pelo 1º Ano, pré
Historia em quadrinho desenvolvido pelos alunos do 3º ano

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Relatório da utilização das tecnologias

Jogando BETS

Alunos do 5º Ano 2, juntamente com o Professor Mauricio, 
jogando BETS


Oficina de Dança

Alunos participam da Oficina de Dança no Contra- turno 
ministrada pelo Professor Mauricio 




A dança, enquanto um processo educacional, não se resume simplesmente na aquisição de habilidades, mas sim, poderá contribui para o aprimoramento das habilidades básicas, dos padrões fundamentais do movimento, no desenvolvimento das potencialidades humanas e sua relação com os outros e ao mundo. O uso da dança como prática pedagógica favorece a criatividade, além de favorecer no processo de construção de conhecimento.

Os sentidos

Alunos do 5º Ano 3 juntamente com a professora Patricia trabalham com os sentidos através da massinha de modelar.