NUTEC

Alunos da Rádio realizam as gravações das vinhetas para iniciar a Rádio Recreio


Aprendendo sobre os equipamentos que serão usados na Rádio Escola

Alunos da Oficina de Rádio Escolar conhecem e aprendem a montar os equipamentos que serão usados para transmitir a rádio recreio: Mesa de som, Equalizador gráfico, Potência de som e caixa de som.

Ensaiando a programação para a rádio

Alunos da Oficina de Rádio Escola, ensaiam a programação para iniciar futuramente a rádio recreio

Empréstimos de livros

Alunos do 5º ano 1 e 4º ano 2, realizam empréstimo de livros para os 2º anos 1 e 2, este é nosso lema
Me leva que eu vou, mas volto feliz

A possibilidade de convívio com os livros deve extrapolar as paredes da sala de aula e o desenvolvimento sistemático da sua escolarização.


Os alunos realizam o empréstimo através das fichas de leitura, onde levaram os livros para casa  terão  a oportunidade de ler com a família.

Cantinho da leitura

Ter um espaço especial dentro da sala de aula para a leitura é uma maneira de atrair os alunos e convidá-los a ler.
Diz a Professora Isabel Cristina de Souza "A escola é de pequeno porte e não disponibiliza de uma biblioteca ou espaço para a leitura. Outro fator relevante é a falta do hábito de leitura e as dificuldades dos alunos na leitura e escrita. Então, incentivar a leitura através do Cantinho da leitura. Num país castigado pelo analfabetismo, projetos de incentivo à leitura deveriam ser bem-vindos, pois, são fundamentais para o desenvolvimento do indivíduo. A leitura para estudar, faz parte da rotina nas salas de aula, tem suas funções pedagógicas, mas não faz despertar a paixão pela literatura. Quem descobre prazer numa obra literária nunca mais para de ler. Quando chega ao fim de um livro, já está louco para abrir o próximo. E só tem a ganhar com isso. Pensando nesses aspectos o Cantinho da Leitura  pode  propiciar tais sensações aos alunos da escola.

Palestra com o Professor, Escritor e Historiador Dr. José Kormann

Alunos da Oficina de Rádio Escolar participaram de uma palestra com o Professor, Escritor e Historiador Dr. José Kormann, sobre os temas: 
O hábito da Leitura 
Não é todo mundo que gosta de ler, mas a leitura é um forte instrumento para se manter informado das atualidades.
O ser capaz de chegar onde você quer
Os meios de Comunicação de Rio Negrinho

A leitura proporciona um aumento da capacidade de escrita, de argumentação, além de trazer um enriquecimento relevante no vocabulário do leitor, em sua forma de se expressar.

Agradecemos ao Professor José Kormann pelas belíssimas palavras na paletra

Palestra : Nossa Cidade

Para comemorar o aniversário de nossa Querida Rio Negrinho, os alunos da EMEB Pedro Henrique participaram de uma palestra com Escritor e Historiador Dr. José Kormann.

Palestra Prevenção as drogas e violência

Por meio da parceria entre Unimed Planalto Norte e o Programa Educacional de Resistência às Drogas – Proerd – da Polícia Militar, Pais e Alunos dos 3º, 4º e 5º anos participaram da palestra na Escola Professor Pedro Henrique Berkenbrock. O diálogo com os alunos do ensino fundamental faz parte também do Programa Esporte Comunitário Unimed, que visa auxiliar no desenvolvimento das crianças, fortalecendo os princípios do respeito, responsabilidade e disciplina.

Com a presença também dos pais, o 3º Sargento e responsável pelo Proerd, José Oldair Pilati, repassou aos estudantes a importância da convivência familiar e questões como responsabilidade, aceitação em grupos, os caminhos percorridos, rebeldia, curiosidade entre outros pontos comportamentais.
 Além disso, foi possível conhecer sobre as drogas lícitas, ilícitas, o processo de dependência física, psicológica, abstinência, antitabagismo, os resultados e o procedimento de recuperação. O objetivo foi repassar aos adolescentes o poder de escolha e a decisão firme que é necessária tomar diante das dificuldades e situações que envolvam pressão. “Diante dessa dura realidade, tomem cuidado com coisas do tipo: só porque meu amigo faz eu tenho que fazer, ou serei aceito no grupo somente se me adaptar a tal situação. Pais, conversem ao máximo com seus filhos e fiquem atentos as mudanças de comportamento também. A mudança é possível e depende de cada um de nós”, conclui Sargento José Oldair Pilati. 

Alunos da Radio Escola da EMEB Pedro Henrique conhecem a redação do jornal Perfil e as Rádios Vitrine e Energia

Na manhã e na tarde do dia 28/07, os alunos da Oficina de Radio Escola. visitam a redação do Jornal Perfil. Acompanhados pela Monitora de Informática e Coordenadora do Projeto, Lisane Ritzmann; pelo chefe da divisão de promoções e eventos da Prefeitura e tuto do projeto Jardes Adamyk, e pela professora Isabel Cristina de Souza.

Primeiramente os alunos conheceram as dependências do jornal e conversaram com o Diretor João Paulo Ferreira, que contou, brevemente, a história do diário e apresentou um vídeo institucional as crianças.

Depois conversaram com a editora do Jornal, Pâmela Ritzmann, e com os repórteres Edson Luiz Pscheidt Junior e Pricila Pires da Maia, que comentaram sobre a rotina de produção das matérias, de revisão e diagramação, até o envio das páginas para a gráfica.
Eles também tiveram acesso ao arquivo das edições do jornal, desde o ano de 1996.
Depois, os alunos foram levados ao Studio de gravação da TV Web Perfil, onde participaram da gravação de um vídeo abordando detalhes sobre o projeto, que será publicado em breve, no Facebook e no youtube do jornal.

Projeto Rádio Escola

O Projeto envolve alunos dos dois turnos que estão recebendo orientações sobre oratória, dicção, entonação, postura e apresentação em público. "Esse projeto vai ser um interativo para as crianças, com bases na musicalidade, com base nos recados repassados pela diretoria da Escola eles irão aprender mais sobre o cotidiano das rádios", frisou Jardes. "Diariamente os alunos utilizarão, na hora do recreio, os equipamentos sonoros da escola, com técnicas e conhecimentos adquiridos no curso e tornarão o intervalo mais atrativo, com músicas, informação e descontração", completa.

Recentemente, para conhecerem mais a fundo o dia a dia de uma rádio, os alunos da escola, acompanhados pelo tutor Jardes , também visitaram as emissora FM de  Rio Negrinho: Vitrine e Energia. No local tiveram contato com o estúdio e com os locutores.


No segundo semestre estaremos colocando em prática, um trabalho interno de rádio escola no recreio.
Em relação aos equipamentos a Coordenadora Lisane afirma pedir apoio de um projeto do Conselho Municipal  dos Direitos da Criança e do Adolescentes (CMDCA). É um projeto que a escola já foi contempladas por dois anos. Com esse dinheiro, queremos adquirir esses equipamentos, mas já temos uma mesa de som antiga, microfones que não são adequados, mas já podemos começar com a Rádio-Escola com os equipamentos que temos.
Por trás o projeto te uma proposta pedagógica para que auxilie no aprendizado dos alunos. "Avaliamos a inserção da rádio na escola, trazendo uma melhoria na alfabetização das crianças, também na qualidade da leitura e na perda da vergonha de falar em público, trazendo um ambiente mais gostoso e propícios para a escola", finaliza Jardes

Projeto Radio Escola

O Projeto Radio escola está sendo desenvolvido deste maio de 2017 com o objetivo de desenvolver no contra turno a oficina  reconhecendo as crianças e adolescentes como produtores de cultura, integrando-os aos meios de comunicação, consolidando uma escola mais cidadã.
      
 A Oficina está sendo desenvolvida no contra-turno com participantes dos 3º, 4º e 5º anos, coordenados pelo Promotor de Eventos Jardes Alan Adamyk. e pela Lisane Ritzmann, monitora do Laboratório de Informática.

Ambiente onde será implantado a Rádio Escola


Neste período já realizaram muitas atividades como:
Treino de leitura


Falar em público

Cantar


Visita a rádio Energia





Visita a Rádio Vitrine




Oficina Rádio Escolar

        Escola Pedro Henrique inicia Oficina de Rádio Escolar com alunos dos 3º, 4º e 5º anos, com o objetivo de desenvolver no contra turno a oficina  reconhecendo as crianças e adolescentes como produtores de cultura, integrando-os aos meios de comunicação, consolidando uma escola mais cidadã.
       A Oficina será coordenada pelo Promotor de Eventos Jardes Alan Adamyk. e pela Lisane Ritzmann, monitora do Laboratório de Informática.

Slides sobre Segurança na Internet


Curso "Redes Sociais podem ser espaço de vulnerabilidade sexual de crianças e adolescentes?"

Alunos do 5º Ano 2 iniciaram nesta sexta feira a Oficina  "Redes Sociais podem ser espaço de vulnerabilidade sexual de crianças e adolescentes?"
Neste primeiro momento participaram de uma roda de conversa onde foi abordados os riscos existentes nas redes sociais.

Vulnerabilidade de crianças e adolescente no ambiente virtual. O que fazer para se proteger?

Atividades desenvolvidas com os alunos do 5º Ano 2
Histórias em quadrinhos
Mapa Conceitual
Panfleto



Paródia

Oferta do curso para os professores na parada pedagógica



Representante do NUTEC 2017




 Alunos  atuante no NUTEC

3º Ano 1

Larissa Beliski da Rocha

e

Erick Bryan do Amaral


4º Ano 1

Bruna Emanueli Glixinski

e

João Vinícius Kohlbeck Alves 


5º Ano 1

Lavinia Pschiski Sabará

Emanuel Costa Moreira









3º Ano 2

 Otilia Sandriely Miguel

e

Jéssica Fragoso Bertoni





4º Ano 2

 Alana de Lima Amorim

e

Pablo Paulo Pscheidt



Alunos  atuante no NUTEC


5º Ano 2

 Tairini Gabriele de Oliveira

e

Gabriele Valério


5º Ano 3

Marieli Alves de Lima

e

Analine Rudiake
Regulamento do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação

CAPÍTULO I
Do objetivo do regulamento

Art. 1º O presente regulamento disciplina o funcionamento e organização do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof. Pedro Henrique Berkenbrock.

CAPÍTULO II
Das finalidades do Núcleo

Art. 2º O Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof. Pedro Henrique Berkenbrock tem por objetivo principal conscientizar e incentivar a utilização das mídias e tecnologias nas atividades escolares.
§ 1º A utilização dos recursos midiáticos e tecnológicos da escola é permitida apenas para atividades pedagógicas, não sendo admitida, em hipótese alguma, a sua utilização para quaisquer outros fins.

CAPÍTULO III
Do funcionamento e seleção dos membros

Art. 3º O Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação será composto pela direção e orientação da escola, monitora de laboratório de informática e dois alunos representantes das turmas dos 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, selecionado por sorteio a cada início de ano letivo.
Art. 4º Todos os alunos dos 3º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental poderão participar do sorteio, desde que realize a inscrição durante o período estipulado no edital, apresentando a autorização assinada pelos pais.
Art. 5º O sorteio será realizado no pátio da escola na presença da direção, funcionários da escola e alunos no Matutino.
Art. 6º O sorteio acontecerá por turma em ordem crescente, iniciando do 2 ano 1º do Ensino Fundamental. Os dois primeiros alunos sorteados serão empossado membro do Núcleo, sendo sorteados mais dois alunos na sequencia, os quais serão suplentes, convocados em ordem de sorteio caso o membro desista, seja transferido de escola ou não corresponda às expectativas do Núcleo descritas no Capítulo IV deste regulamento.
§ 2º Caso fiquem esgotados os suplentes de alguma turma, seguir-se-á o mesmo critério do parágrafo 1º deste artigo.
Art. 7º Serão realizadas reuniões quinzenais, no turno contrário, para instruções e atividades práticas de utilização dos recursos tecnológicos e de comunicação disponíveis na escola.


CAPÍTULO IV
Dos Direitos e Deveres dos Membros

Art. 8º Direitos de deveres dos membros do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof. Pedro Henrique Berkenbrock:
§ 1º Participar das reuniões quinzenais nas dependências da escola no contra turno escolar.
§ 2º Auxiliar na manutenção do blog da escola.
§ 3º Auxiliar professores e colegas na utilização dos recursos tecnológicos e midiáticos disponíveis na escola.
§ 4º Os membros do Núcleo tem exclusividade, juntamente com o corpo administrativo e docente no manuseio dos equipamentos componentes da Sala Multimídia, não permitindo que outros alunos os operem.
§ 5º É permitida, exclusivamente aos membros do Núcleo, a utilização de câmeras digitais e tablets da escola para registro de trabalhos realizados em sala de aula, desde que solicitado pelo professor e com a devida autorização assinada pelos pais.
§ 6º Fica sob responsabilidade dos membros do Núcleo a organização e solicitação de recursos audiovisuais pelos alunos aos responsáveis administrativos da escola, como empréstimo de aparelhos de som, tablets, agendamento da Sala Multimídia, solicitação de músicas, vídeos e montagens para trabalhos escolares, etc.
§ 7º Participar ativamente de palestras a alunos e pais, principalmente sobre os temas de uso consciente das tecnologias e mídias.
§ 9º Contribuir com ideias para a utilização dos recursos tecnológicos e midiáticos no processo de aprendizagem.
§ 10º Organização e transporte dos tablets e preenchimento da ficha de acompanhamento dos tablets com a professora da sala;
§ 11º  Contribuir  com a Rádio escola como produtores de cultura, integrando-os aos meios de comunicação.
CAPÍTULO V
Do Desligamento de Membros

Art. 9º A direção da escola reserva-se o direito de desligar o membro discente do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock, nos seguintes casos:
§ 1º Mais de três (3) faltas nas reuniões quinzenais.
§ 2º Transferência para outra escola.
§ 3º Descumprimento às Normas Disciplinares da Escola.


CAPÍTULO VI
Das considerações finais

Art. 10º Os casos omissos no presente Regulamento serão objetos de análise e deliberação da Direção da escola e monitora, conforme o caso.
Art. 11º Este Regulamento poderá ser revisto e atualizado sempre que necessário, de forma a ajustar-se às condições contextuais internas e externas.
Art. 12º O presente regulamento está em vigor desde a data de sua divulgação, 13 de fevereiro de 2017.

EDITAL N° 001/2017 – EMEB. PROF PEDRO HENRIQUE BERKENBROCK


ABRE INSCRIÇÕES E BAIXA NORMAS PARA SELEÇÃO DOS MEMBROS DO NÚCLEO ESCOLAR DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO DA EMEB.  PROF PEDRO HENRIQUE BERKENBROCK.

A EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock torna público o presente edital e declara: Estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos membros do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock, de acordo com as regras e normas previstas neste edital.

I - DO OBJETO
1. O presente edital tem por objeto realizar a divulgação para seleção dos membros do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.

2. São considerados passíveis de concorrer os alunos dos 3, 4 e 5º anos matriculados no Ensino Fundamental da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock para o ano letivo de 2017.

II – DOS OBJETIVOS
OBJETIVO GERAL:
Divulgar os procedimentos e critérios necessários para apresentação inscrição dos membros do Núcleo Escolar de Tecnologia e Educação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
Formar o corpo discente atuante no Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock para o ano letivo de 2017.
Qualificar e potencializar a utilização dos recursos de tecnologia e comunicação presentes na EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.
Integrar o aluno com os meios de comunicação e tecnologia da escola.
Estimular o aproveitamento dos recursos tecnológicos e de comunicação no processo de ensino e aprendizagem.


III - DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO
1. Estar devidamente matriculado e cursando o 3,4 e 5º ano do Ensino Fundamental da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.
2. A inscrição será efetuada mediante apresentação do bilhete informativo assinado pelos pais.

IV – DAS INSCRIÇÕES
1. Período: 14, 15 e 16 de fevereiro de 2017.
2. Horário Matutino: 07:30 as 08:15 e 10:45 às 11:30.
Horário vespertino: 13:00 às 13:45 e 16:15 às 17:00
3. Local: Laboratório de Informática da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.

V - DA SELEÇÃO
1. A seleção será feita através de sorteio no dia 17/02 às 10h  e 15:30 no  ginásio da escola.
2. Os alunos serão sorteados por turma iniciando com o 2º Ano 1 até 5º ano 3.
3. O dois primeiros alunos sorteado de cada turma serão os membros efetivos do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação, após serão sorteados mais dois alunos de cada turma, que, em ordem de sorteio, serão os suplentes do membro efetivo, caso este desista do cargo, transfira-se de escola, ou seja, destituído do cargo por desrespeitar o regulamento do Núcleo.

VI – CALENDÁRIO OFICIAL
1. Publicação do Edital: 13 de fevereiro de 2017.
2. Inscrição: 14, 15 e 16 de fevereiro de 2017
3. Sorteio e Resultado: 17 de fevereiro de 2017.

VII – DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS
1. O ato de inscrição pressupõe plena concordância com os termos desde edital.
2. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.
3. Informações poderão ser obtidas na EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock através do telefone 3644 3917, ou pelo e-mail: monitoralisane@gmail.com.



4. O edital pode ser encontrado no blog da escola: emebpedro.blogspot.com.
VIII – DA COMISSÃO ORGANIZADORA

Greicy Rudnick (Diretor)
Joelma C de C Lima (Orientadora Pedagógica)
Lisane Ritzmann (Monitora do Laboratório de Informática)



Rio Negrinho, 13 de fevereiro de 2017.

Eleição dos alunos Monitores



Alunos  atuante no NUTEC

5º Ano 1
João Guilherme Martins
Millena P. Martins
5º Ano 2
 Jhenifer Lima
Gabriel Augusto Kuester

EDITAL N° 001/2016 – EMEB. PROF PEDRO HENRIQUE BERKENBROCK



ABRE INSCRIÇÕES E BAIXA NORMAS PARA SELEÇÃO DOS MEMBROS DO NÚCLEO ESCOLAR DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO DA EMEB. P PROF PEDRO HENRIQUE BERKENBROCK.
A EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock torna público o presente edital e declara: Estão abertas as inscrições para o processo seletivo dos membros do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock, de acordo com as regras e normas previstas neste edital.
I - DO OBJETO
1. O presente edital tem por objeto realizar a divulgação para seleção dos membros do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.
2. São considerados passíveis de concorrer os alunos dos 5º anos matriculados no Ensino Fundamental da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock para o ano letivo de 2016.
II – DOS OBJETIVOS
OBJETIVO GERAL:
Divulgar os procedimentos e critérios necessários para apresentação inscrição dos membros do Núcleo Escolar de Tecnologia e Educação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
Formar o corpo discente atuante no Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock para o ano letivo de 2016.
Qualificar e potencializar a utilização dos recursos de tecnologia e comunicação presentes na EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.
Integrar o aluno com os meios de comunicação e tecnologia da escola.
Estimular o aproveitamento dos recursos tecnológicos e de comunicação no processo de ensino e aprendizagem.
III - DOS REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO
1. Estar devidamente matriculado e cursando o 5º ano do Ensino Fundamental da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.
2. A inscrição será efetuada mediante apresentação do bilhete informativo assinado pelos pais.
IV – DAS INSCRIÇÕES
1. Período: 04, 06 e 07 de abril de 2016.
2. Horário: 07:30 as 08:15 e 10:45 às 11:30.
3. Local: Laboratório de Informática da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock.
V - DA SELEÇÃO
1. A seleção será feita através de sorteio no dia 11/04 às 10h no  ginásio da escola.
2. Os alunos serão sorteados por turma iniciando com o 5º Ano 1 e após 5º ano 2.
3. O primeiro aluno sorteado de cada turma será o membro efetivo do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação, após serão sorteados mais dois alunos de cada turma, que, em ordem de sorteio, serão os suplentes do membro efetivo, caso este desista do cargo, transfira-se de escola, ou seja, destituído do cargo por desrespeitar o regulamento do Núcleo.
VI – CALENDÁRIO OFICIAL
1. Publicação do Edital: 01 de abril de 2016.
2. Inscrição: 04, 06 e 07 de abril de 2016
3. Sorteio e Resultado: 11 de abril de 2016.
VII – DAS CONSIDERAÇÕES FINAIS
1. O ato de inscrição pressupõe plena concordância com os termos desde edital.
2. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.
3. Informações poderão ser obtidas na EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock através do telefone 3644 3917, ou pelo e-mail: monitoralisane@gmail.com.
4. O edital pode ser encontrado no blog da escola: emebpedro.blogspot.com e no mural da escola.
VIII – DA COMISSÃO ORGANIZADORA
Greicy Rudnick (Diretor)
Joelma C de C Lima (Orientadora Pedagógica)
Lisane Ritzmann (Monitora do Laboratório de Informática)

Regulamento do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação





Regulamento do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação
CAPÍTULO I
Do objetivo do regulamento
Art. 1º O presente regulamento disciplina o funcionamento e organização do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof. Pedro Henrique Berkenbrock.
CAPÍTULO II
Das finalidades do Núcleo
Art. 2º O Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof. Pedro Henrique Berkenbrock tem por objetivo principal conscientizar e incentivar a utilização das mídias e tecnologias nas atividades escolares.
§ 1º A utilização dos recursos midiáticos e tecnológicos da escola é permitida apenas para atividades pedagógicas, não sendo admitida, em hipótese alguma, a sua utilização para quaisquer outros fins.
CAPÍTULO III
Do funcionamento e seleção dos membros
Art. 3º O Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação será composto pela direção e orientação da escola, monitora de laboratório de informática e um aluno representante das turmas dos 5º anos do Ensino Fundamental, selecionado por sorteio a cada início de ano letivo.
Art. 4º Todos os alunos do 5º anos do Ensino Fundamental poderão participar do sorteio, desde que realize a inscrição durante o período estipulado no edital, apresentando a autorização assinada pelos pais.
Art. 5º O sorteio será realizado no pátio da escola na presença da direção, funcionários da escola e alunos no Matutino.
Art. 6º O sorteio acontecerá por turma em ordem crescente, iniciando do 5 ano 1º do Ensino Fundamental. O primeiro aluno sorteado será empossado membro do Núcleo, sendo sorteados mais dois alunos na sequencia, os quais serão suplentes, convocados em ordem de sorteio caso o membro desista, seja transferido de escola ou não corresponda às expectativas do Núcleo descritas no Capítulo IV deste regulamento.
§ 2º Caso fiquem esgotados os suplentes de alguma turma, seguir-se-á o mesmo critério do parágrafo 1º deste artigo.
Art. 7º Serão realizadas reuniões mensais, no turno vespertino, para instruções e atividades práticas de utilização dos recursos tecnológicos e de comunicação disponíveis na escola.
CAPÍTULO IV
Dos Direitos e Deveres dos Membros
Art. 8º Direitos de deveres dos membros do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof. Pedro Henrique Berkenbrock:
§ 1º Participar das reuniões mensais nas dependências da escola no contra turno escolar.
§ 2º Auxiliar na manutenção do blog da escola.
§ 3º Auxiliar professores e colegas na utilização dos recursos tecnológicos e midiáticos disponíveis na escola.
§ 4º Os membros do Núcleo tem exclusividade, juntamente com o corpo administrativo e docente no manuseio dos equipamentos componentes da Sala Multimídia, não permitindo que outros alunos os operem.
§ 5º É permitida, exclusivamente aos membros do Núcleo, a utilização de câmeras digitais e tablets da escola para registro de trabalhos realizados em sala de aula, desde que solicitado pelo professor e com a devida autorização assinada pelos pais.
§ 6º Fica sob responsabilidade dos membros do Núcleo a organização e solicitação de recursos audiovisuais pelos alunos aos responsáveis administrativos da escola, como empréstimo de aparelhos de som, tablets, agendamento da Sala Multimídia, solicitação de músicas, vídeos e montagens para trabalhos escolares, etc.
§ 7º Participar ativamente de palestras a alunos e pais, principalmente sobre os temas de uso consciente das tecnologias e mídias.
§ 9º Contribuir com ideias para a utilização dos recursos tecnológicos e midiáticos no processo de aprendizagem.
§ 10º Organização e transporte dos tablets e preenchimento da ficha de acompanhamento dos tablets
com a professora da sala;
CAPÍTULO V
Do Desligamento de Membros
Art. 9º A direção da escola reserva-se o direito de desligar o membro discente do Núcleo Escolar de Tecnologia e Comunicação da EMEB. Prof Pedro Henrique Berkenbrock, nos seguintes casos:
§ 1º Mais de três (3) faltas nas reuniões semanais.
§ 2º Transferência para outra escola.
§ 3º Descumprimento às Normas Disciplinares da Escola.
CAPÍTULO VI
Das considerações finais
Art. 10º Os casos omissos no presente Regulamento serão objetos de análise e deliberação da Direção da escola e monitora, conforme o caso.
Art. 11º Este Regulamento poderá ser revisto e atualizado sempre que necessário, de forma a ajustar-se às condições contextuais internas e externas.
Art. 12º O presente regulamento está em vigor desde a data de sua divulgação, 01 de abril de 2016.

 Encontros

Nenhum comentário:

Postar um comentário